Saiba quais são as áreas do Direito mais bem remuneradas

O curso de graduação nas áreas do Direito está entre os que mais possuem demanda anualmente. Isso se deve, em muito, pela pluralidade das áreas do Direito. Com tantas variedades, os alunos encontram ali uma maneira de encontrar o caminho profissional.

Áreas do direito

Ainda, outro fator que influencia muito nessa alta demanda são os salários que alguns cargos dentro das carreiras jurídicas podem apresentar. Alguns deles são de dezenas de milhares de reais e isso é, obviamente, bastante atrativo.

Mas quais são essas áreas e quais delas se destacam quando o assunto é remuneração? Como direcionar a carreira para alcançar esses cargos? Para isso, continue lendo e veja, abaixo, quais são as funções mais lucrativas desse meio.

Áreas do Direito


As áreas de atuação profissional do direito se dividem em duas: a primeira é a de iniciativa pública e a segunda a privada. Para ingressar na primeira é preciso prestar concurso público e obter aprovação nas provas. Muitas vezes elas incluem diversas fases, como escrita, de títulos (especializações e publicações) e até mesmo física.

Por outro lado, a iniciativa privada se refere à atuação jurídica particular, dentro de empresas ou de escritórios particulares de advocacia. Portanto, dentro de cada uma dessas áreas existem cargos que se destacam pelos altos salários.

Se você pensa em entrar para o mundo jurídico, sonha com altos salários e quer se direcionar desde logo para uma das áreas do Direito, continue lendo para ver as mais promissoras e lucrativas.

Direito de Iniciativa Privada


Primeiramente, em relação à atuação privada no Direito, tem-se que ele possui 05 principais modalidades. São elas: Cível, Empresarial, Criminal, Trabalhista e Tributário. Além disso, a carreira dos advogados possui 03 níveis: júnior (até 04 anos de graduação), pleno (até 10 anos) e sênior (a partir de 10 anos). Assim, os valores são graduais e aumentam conforme o tempo de experiência na advocacia.

Outro ponto importante é que as modalidades variam entre si quanto à lucratividade. Assim, tem-se que áreas do Direito na iniciativa privada que mais apresentam lucro são a Empresarial, Tributária e Cível.

Tem-se que um advogado sênior dessas áreas recebe, respectivamente, salários entre 8 mil e 22 mil, 8 mil e 21 mil e 9,6 mil e 17 mil reais mensalmente. É preciso ter em mente que com o aumento no número de profissionais essas médias tendem a cair.

Contudo, isso pode variar de acordo com os tipos de clientes, de casos e a trajetória do próprio profissional. De um modo geral, então, essas são as carreiras que mais dão lucro e são promissoras.

Direito de Iniciativa Pública


Por outro lado, dentre as áreas do Direito que mais geram lucro para os profissionais está a de iniciativa pública. Isso é, os cargos que pertencem à União e aos Estados e que demandam concurso público.

Aqui estão os procuradores, juízes e defensores públicos. Todos eles precisam ter um tempo prévio de exercício da advocacia. Após, devem alcançar a aprovação em concurso público e somente após a nomeação é que passam a exercer as atividades.

Porém, é preciso ressaltar que essa espera é compensatória. Afinal, aqui se encontram os maiores salários dentre as áreas do direito, bem como os melhores benefícios adicionais.

Veja, abaixo, quais são os cargos mais bem remunerados dentre os de cunho público da área jurídica.

Procurador da República


Suas atividades envolvem a promoção de ação penal, inquéritos e ações públicas no intuito de defender os direitos humanos e coletivos. Além disso, as polícias são de sua responsabilidade. Todos esses deveres são compensados pelo salário mensal de R$ 25 mil, além de benefícios diversos.

Juiz Federal


O Juiz Federal julga processos que envolvem o interesse coletivo e da União. Por exemplo, é ele quem se envolve nas ações como a Lava Jato e outras que envolvem corrupção contra os cofres públicos. Além disso, ele julga ações sobre direitos humanos e coletivos. O salário mensal é de R$ 23 mil que se somam a outros benefícios.

Advogado da União


O Advogado da União é quem representa os interesses dos órgãos da administração pública federal. Por exemplo, se alguém processar a União por entender que houve lesão aos seus direitos, se deparará com a defesa apresentada pelo ADU.

Assim, ele também presta assessoria jurídica para esses órgãos. Aqui, diferentemente dos casos anteriores, é preciso estar com a aprovação e inscrição perante a Ordem dos Advogados do Brasil em dia. Afinal, esse profissional é um advogado. O salário dessas áreas do Direito que envolvem a advocacia da União parte de R$ 16 mil.

Cabe lembrar que existem diversas variações quanto aos salários. Além disso, é comum que haja reajuste sobre eles, de forma que as remunerações não ficam defasadas. Por isso, se você sonha em adentrar em uma das áreas do Direito, não deixe de considerar a nossa lista com as mais lucrativas.

Política de Privacidade e Termos de Uso