O que é Iso 9001

Embora o nome seja um pouco estranho a grande parte das pessoas, o ISO é um sistema de normatização no que concerne à qualidade dos produtos e serviços das empresas, portanto, algo amplamente utilizado por empresários que desempenham suas funções.

Iso 9001

Muitas pessoas, principalmente aqueles que desempenham atividades empresariais, costumam questionar a respeito da utilidade do ISO 9001.

Entretanto, trata-se de um dos sistemas normativos reguladores mais utilizados do mundo, onde basicamente quase todas as empresas de grande o utilizam. Sua representatividade é gigantesca, fazendo com que a empresa cresça o seu negócio de forma exponencial.

É provável que você, leitor, já tenha visto o símbolo da ISO em algum lugar, seja numa rede social ou num folheto de uma grande empresa. Trata-se de uma estratégia da empresa de demonstrar aos clientes que ela está de acordo com essa normatização, trazendo maior segurança para as pessoas que buscam seus serviços.

Surgimento do selo


Antes de entendermos o surgimento do selo, é necessário voltar um pouco no tempo e saber mais a respeito da criação dessa normatização conhecida como ISO 9001.

A sigla ISO significa International Organization for Standardization, em uma tradução livre significa Organização Internacional de Normalização.

Trata-se de uma norma que determina a qualidade dos produtos produzidos por determinada empresa, devendo estar de acordo com aquele padrão de qualidade. Quando uma empresa consegue o selo, significa que ela foi certificada pela ISO 9001.

A ISO teve sua fundação em Genebra, na Suíça, há cerca de 70 anos atrás como uma forma de definir um padrão de qualidade e de normatizações que deveriam ser seguidas pelas empresas. Esse padrão deveria ser criado de forma que qualquer empresa sediada em qualquer um dos países do globo pudessem utilizá-las e implantadas de forma simples. Cerca de 170 países utilizam essa normatização atualmente.

No Brasil, a ISO tem sua representação através da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. O selo foi criado em 1987, como forma de demonstrar que as empresas que o possuíssem estariam de acordo com a normatização mundial, tornando-se padrão mundo afora.

A norma mais utilizada


A ISO representa uma grande quantidade de normas que podem ser usadas nos mais diversos segmentos, como por exemplo a ISO 13485, utilizada para regulamentar os equipamentos médicos e hospitalares e certificar a sua qualidade.

A ISO 9001 é a mais utilizada de todas, sendo responsável por regulamentar a qualidade dos produtos e serviços prestados, portanto, sua área de abrangência é muito maior do que as outras, podendo ser aplicada nos mais diversos mercados.

Sua função


A função da ISO 9001 é que as empresas alcancem um padrão de produção e qualidade que estejam dentro das metas da normatização, oferecendo dessa forma uma maior capacidade de eficiência na entrega dos produtos ou serviços prestados à população.

Dessa forma, temos que a solução básica da ISO 9001 é alcançar um consenso a respeito das soluções que atendam a demanda das empresas, do comércio do país e da população em geral que consome esses serviços, portanto, atende todas as necessidades das partes envolvidas nessa relação de consumo.

Confiabilidade da ISO 9001


Quando um cliente busca por determinado produto, ele não está apenas em busca do que o produto oferece, mas sim, de todas as relações que possam surgir a partir da compra dele.

Como é o caso da confiabilidade que o produto possui, sendo provado por sua qualidade, fazendo valer o dinheiro pago por ele.

É bastante comum que haja problemas com determinados produtos e marcas, onde os clientes acabam por contestar a confiabilidade e a qualidade desses produtos, podendo até mesmo recorrer a vias judiciais para buscar minimizar o prejuízo sofrido por elas pela má qualidade do produto.

Esses serviços e produtos geralmente criam uma péssima imagem dentro do mercado consumidor, fazendo com que os negócios da empresa sofram grandes perdas e prejuízos.

Com a ISO 9001, é possível propor requisitos a serem seguidos com o objetivo de aperfeiçoar o sistema de gestão de qualidade , aprimorando o processo produtivo e a organização da empresa, atuando assim como um incentivador do negócio, fazendo com que a organização alcance o sucesso empresarial.

Praticamente todos os países do globo conhecem e respeitam essa norma, o que faz com que o selo tenha agregado um grande valor probatório de qualidade e eficiência da empresa que o possui.

Satisfação do consumidor


Quando a empresa possui o selo ISO 9001, significa que ela se preocupou com o interesse e as expectativas do cliente em relação ao seu produto ou serviço, haja vista que essa norma foi criada pensando exclusivamente na satisfação do consumidor, onde ele poderá tomar como base o selo na hora de escolher a empresa que irá contratar.

Portanto, quanto mais clientes satisfeitos uma empresa possui, mais chances o seu negócio tem de dar certo e de lucrar.

Dessa forma, o selo ISO 9001 irá melhorar a imagem da empresa em todos os aspectos, inclusive no exterior.

Todas as empresas necessariamente precisam do selo?


A legislação do Brasil não obriga e nem cobra que as empresas locais possuam a certificação ISO 9001, com exceção de algumas áreas específicas como a da saúde.

Entretanto, presume-se que a empresa é obrigada a possuir essa certificação, mesmo que não esteja previsto na legislação vigente. O próprio mercado consumidor acaba por fazer essa fiscalização, optando muitas vezes por escolher empresas certificadas ao invés das comuns.

Alguns países no exterior acabam por não fazer negócios com as empresas que não possuem esse certificado, prejudicando assim as suas vendas.


Como implementar a ISO 9001 na minha empresa?


É necessário que o empresário regulamente os setores específicos da sua empresa, através do sistema de normatização brasileiro da ABNT.

Como não há uma normatização específica relacionada a ISO em nosso país, basta seguir as normas vigentes determinadas pelas entidades responsáveis por essa fiscalização, ficando dessa forma adequado ao mercado nacional. Após estar com todos os registros regulares, basta solicitar o selo de certificação da ISO através do INMETRO, responsável por disponibilizar o selo ao mercado brasileiro.

Política de Privacidade e Termos de Uso